5 Coisa que você pode fazer na sua viagem a Madrid

Visitar uma cidade tão grande como Madrid e gerenciar o que ver e fazer sem perder tudo que a cidade tem a oferecer não é tarefa fácil. Dos museus, se alastrando para bares e restaurantes tradicionais, cada canto se mostra um local que atrai turistas e moradores. Para facilitar um pouco as escolhas e certificar-se de que você vai experimentar tanto quanto pode, tenho separado 6 coisas imperdíveis que você pode fazer quando você estiver em Madrid. Se você não conseguir encaixar tudo, não se preocupe, você sempre pode voltar.

 

  1. Visite os grandes museus e charmosas galerias.

museo-del-pradoExplorar a área conhecida como Triângulo da Arte de Madrid é obrigatório para qualquer visitante na cidade. O Museo del Prado, Reina o Sofía e o Thyssen-Bornemisza são os três vértices que compõem este triângulo que está sobre o Paseo del Prado na capital espanhola. Mas esses não são os únicos lugares onde você pode ver a arte da cidade  na Caixa Fórum Madrid você pode ver os jardins verticais e também é um ótimo lugar para contemplar a beleza.

Mas você não tem que percorrer os corredores sagrados dos mais grandiosos museus e galerias para admirar toda a cultura que Madrid tem a oferecer. Pequenas galerias como Ivorypress de Elena Ochoa, a Arte urbana, criado pelas mãos de Suso33 e coletivos tais como Boa Mistura, juntamente com exposições temporárias feitas por jovens pintores em bares e restaurantes completam o panorama cultural da cidade.

 

  1. Veja os melhores ângulos de vista da cidade

Madrid-circulo-de-belas-artesOs skylines ( topo dos prédios) de Madrid são um dos mais atraentes da Espanha. E se há um lugar perfeito para você ver é a partir do terraço do Círculo de Bellas Artes em C / Alcalá. Do grande pátio você pode ver toda a cidade, suas grandes avenidas, monumentos, áreas verde e as Quatro Torres, arranha-céus grandes da capital. Também é o local ideal para tomar uma bebida e ver o sol se pôr.

 

Mas esse não é o único ponto de vantagem para apreciar a vista incrível. No Gau & Café, no bairro Lavapiés, você pode jantar enquanto admira as ruínas de um edifício do século 18 ou o ‘corralas’ – edifícios de apartamentos, com um pátio central e varandas em volta de cada andar que cada apartamento tem – muito típico da arquitetura residencial de Madrid, especialmente neste bairro. Se você está procurando por algo um pouco mais central, tente o Hotel de las Letras. O mirante da Basílica de San Francisco el Grande, ou o Templo de Debod mostram um lado menos conhecidos da capital. Se você tiver tempo, e o que você procura é mais do que uma visão aérea, vá para o Teleférico de la Casa de Campo.

 

3 Aproveite as  bebidas da cidade

madrid-culturaSair para beber algumas cervejas (ou copos de vinho) é um dos passatempos preferidos dos moradores. E é um feito ainda melhor quando o tempo está bom e todos os bares e restaurantes abrem seus terraços. Entre as áreas preferidas para aguçar seu paladar estão La Latina na Plaza de la Cebada, ponto de encontro de muitos, especialmente os mais jovens.

Nos fins de semana é quase impossível não fazer uma caminhada pelas ruas como Cava Baja ou Cava Alta, onde você encontrará a maioria dos bares e restaurantes.

 

Outras áreas recomendadas para ir beber incluem Malasaña, onde modernos bares com decoração vintage co-existem com tabernas que se destacam por gerações; se você pretende ficar fora até altas horas da madrugada; Moncloa é dos pontos favoritos entre os estudantes universitários; e Chueca, com a melhor noite gay da cidade.

 

4 Lugares essenciais para ver

PlazaMayorMadridSe você está na cidade por três dias ou três semanas, você deve visitar pelo menos três pontos essenciais antes de ir embora. A primeira é a Plaza Mayor, onde você pode relaxar com uma xícara de ‘café com leite’, em frente a estátua equestre de Filipe III que está situado no centro da Praça e por ali pode-se ver muitas pessoas ao redor do centro de informações turísticas.

 

Com sua própria música e clima cultural, a Puerta de Alcalá é outro lugar que deve estar na sua lista de locais para visitar. Na Praça de la Independência, ao lado do Parque El Retiro, este antigo lugar com estilo neoclássico para Madrid está no seu melhor ponto ao entardecer, quando as luzes brilham e acendem seus arcos decorativos. Você também vai querer  dar uma olhada no palácio real, ao lado da Catedral de la Almudena, a residência oficial da família real espanhola, embora eles agora vivam no Palácio de Zarzuela. Os Fãs do futebol vão querer visitar a Plaza de Cibeles, onde os fãs do Real Madrid celebram as vitórias da sua equipe, ou Plaza de Neptuno, onde muitos torcedores do Atlético de Madrid se encontram.

 

  1. Desfrute de uma boa festa

malasaaamadridAs ruas do bairro de Malasaña foram o centro na antiguidade de Madrid ‘movidas’ ao movimento de contracultura, e hoje ainda são repletas de vida noturna. Bares como El Penta, La Vía Láctea e Tupperware estão sempre cheios de pessoas até altas horas nos fins de semana. Vale apena  vagar pelo bairro e tropeçar e conhecer alguns dos novos pontos que abriram nos últimos anos. Se uma noite para dançar é o que você procura, aqui está a sua atração.

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

6 cidades maravilhosas para você conhecer em uma viagem sozinho.

Está pronto para viajar o mundo? Há poucas coisas tão excitantes e libertadoras como uma viagem sozinha. Se você pensa em aproveitar o máximo sem restrição alguma é algo que você deveria pensar em planejar na sua próxima viagem.

3 são os fatores que fazem uma cidade uma ótima opção para viajar sozinha:

  • A facilidade de se locomover (se há um sistema de transporte bom, ou por outro meio de transporte que não seja tão caro),
  • Se a cidade é conhecida por seus habitantes locais como uma cidade boa e com pouco violência (você nunca sabe quando você vai precisar de uma mão amiga)
  • E a quantidade de locais para ver nesse local.

 

O grande segredo é ver exatamente o que você quer ver, maximizar cada momento e se abrir para experiências que você nunca teria viajando com amigos ou familiares.

Sei que viajar sozinho pode ser assustador, mas vale a pena.

Aqui estão as melhores cidades para se viajar sozinho ao redor do mundo na minha opinião!

 

 Roma  – Itália

Poucas cidades neste planeta podem fazer frente ao rico patrimônio da cidade eterna na Itália. Transporte-se para o antigo Império Romano, em seguida, explore a rica cultura moderna da Itália e deslumbrante a capital.

roma-italia

Vancouver – Canadá

Um dos destinos de viagem mais subestimados da costa oeste, Vancouver é um point chique e moderno, rodeado por algumas das paisagens mais marcantes e cervejarias mais incríveis que você encontrará em qualquer lugar do mundo.

Vancouver-canada

 

Melbourne – Austrália

Visite as praias escaldantes de Melbourne e explore as galerias, teatros e museus que compõem esta cidade rica culturalmente na Austrália

meulbourne

Amsterdam – Holanda

Amsterdam tem um rica cultura e diversos pontos turísticos como museus mundialmente famosos e a infame vida noturna na cidade holandesa — Você pode definitivamente se apaixonar por  ela. Uma vez que você está lá é fácil ver porque ela detém um lugar especial nos corações de muitos exploradores.

amsterdam-holanda

 Londres – Inglaterra

Maior cidade da Europa Ocidental é uma mistura do que há de moderno e tradicional ao mesmo tempo. Você poderia passar meses a explorar Londres e nunca se cansar. Venha sozinho e prepare-se para satisfazer todos os seus caprichos na capital britânica.

londres-inglaterra

 

Madrid – Espanha

Enquanto a costa espanhola é incrível, Madrid tem parece ter algo de especial que faz você querer voltar outra vez. Esta cidade ensolarada, dourada tem traços de arquitetura das mais bonitas do mundo e uma vida noturna que não para.

madrid-espanha

Veneza – Itália

Com suas praças encantadoras, canais mundialmente famosos, zumbido de bairros e praças deslumbrantes, Veneza é o lugar perfeito para sentar e ver o mundo passar.

veneza